Todo mundo tem defeitos, alguns que superamos sozinhos, outros precisamos ter alguém que supere conosco. Todo mundo tem sua bagagem, seus pesos e suas medidas, cada um antes de tudo, é individual; seja por si ou seus ideais.

Não é fácil aceitar o outro e dizer que vai ficar tudo bem, porque viver a dois é um processo, um passo de cada vez, é acolhimento diário. Não dá pra simplesmente criar manuais de como viver a dois sendo que cada ser humana é único e tem suas manias e fobias. Não se explica tudo que se sente, o que se vê e o que se deseja, nem tampouco a vida pode ser explicada. Somos recipientes vazios a procura de algo que nos preencha, nos transborde. Certa vez ouvir de uma amiga que amar alguém não é ser para essa pessoa a metade, porque já somos completos; é ser transbordado pelo amor que ambos sentem um pelo outro. É nisso que acredito, somos recipientes que esperam ser transbordados, cheios de amor, afeto, compreensão e coisas inexplicáveis, mas que fazem um bem sobrenatural.

Nada é simples, nem complicado, é do jeito que deve ser e como a gente suporta. Ter fé de que existe alguém nesses bilhões de pessoas que te fará feliz, que mesmo antes de você nascer já tinha sido escolhido por Deus para te ser benção e sinônimo de felicidade. Viver a dois é desafio, é saber e aceitar que amor só não basta, mas não pode faltar. Amor precisa ser o prato principal, mas nunca sozinho na mesa, porque amor sem compromisso, sem sabedoria, direcionamento, compreensão, afeto, carinho, amizade, ah, não valerá de nada, a não ser sufocar até explodir de tão sedento que fica.

Todo mundo precisa de alguém que o acolha, que o resgate da dor, da solidão, mas aprendam: sozinho a gente pode ser até acompanhado, então, queira alguém que seja para você essencial, que quando você olhe nos olhos sinta que será eterno e que seja verdadeiro e como escreveu Caio Fernando Abreu, ”que seja doce, meu Deus, que seja doce”, e que te faça bem, um bem danado. Benção sobre benção para gerarem bençãos sem limites. Que seja abençoado e para saber disso, ah, ore muito, peça muito e espere com paciência. O verdadeiro amor tudo suporta e espera.

collage2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s