Não sabia que amar poderia doer tanto, que desejar fosse tão cruel e que arriscar seria tão grave. Me vem aquelas palavras do Renato Russo, de que quando o amor é verdadeiro não existe sofrimento, daí eu me pergunto ”não foi, meu Deus?”, pelo visto só pra mim.

Prometi que não correria mais atrás, que não imploraria por nada e que ficaria no meu lugar, mas não consigo. Odeio ter que admitir que não dá para enxergar a vida sem você. Queria ter raiva, deixar de querer e amar tanto, deixar pra lá, esquecer de tudo, entretanto só fico presa casa vez mais nessa imensa teia. O seu efeito em mim é delirante, é vicioso, é incontrolável e eu sei que se você não está tudo fica vazio, como um buraco negro infinito.

Guardo datas, momentos e gestos seus em minha caixa exclusiva de lembranças suas, coisas que me maltratam e revigoram ao mesmos tempo. Eu me perdi nisso tudo. Virou um ciclo tenso que não dá mais para sair e é humilhante ser tão louca assim por alguém que um dia quer, no outro vai embora. Nossos altos e baixos – muitos baixos por sinal -, as manias estressantes e a falta de compreender um com o outro fez com que tudo se desabasse, porque você sabe que a gente poderia ter dado certo se não fosse tudo isso e mais um pouco. Por que desistimos mesmo?

Aqui, só restou isso mesmo; lembranças e mais lembranças e uma raiva por nós sermos tão complicados, por estarmos jogando um sentimento bom fora cm tanta facilidade. Uma raiva por sermos orgulhosos, por não sabermos dar a mãos e caminharmos juntos, sem medo e frescura. Fazer o quê? Foram outros caminhos. Mas olha, olha bem para nós e dentro de você, sei que ainda pulsa algo por nós, então preste atenção nas minhas palavras, porque não vou desistir, só vou esperar para ver o que Deus preparou e cruza os dedos também para enfim sermos nós e não outros.

collage2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s