Tenho minhas carências, gosto de atenção, que me tratem bem e que sejam sinceros comigo. Não gosto de olhares tortos, de gente de alma pesada e nem tampouco de gente que só reclama. Eu gosto de mãos dadas, prefiro abraços do que beijos, uma boa olhada do que uma palavra cruzada. Eu gosto de ser uma metamorfose ambulante, porque é isso que sou. Se me perguntarem como anda minha vida, sempre direi que bem, porque aprendi que palavras positivas estranhamente possuem poder; eu as uso de forma certa, na maioria das vezes, claro.

Não gosto de ficar, de pegar, de ter rolo, eu gosto de compromisso, e mesmo que demore, prefiro esperar quem eu amo de verdade. Também gosto de carinho, palavras bonitas, mas que sejam ditas de coração. Algumas palavras machucam mais que faca, e eu nem sempre vou está pronta para ouvir falarem dos meus diversos defeitos. Acredito em príncipes quase encantados, porque sinceramente, ainda existem homens que se comportam como verdadeiros cavalheiros e estão a procura de mulheres que se comportem como princesas. Sou lunática; meus pensamentos estão sempre voando pra longe daqui e eu já fui até pra Marte com eles. Sou metade razão, metade emoção. Prefiro ser simpática do que ser vulgar, prefiro me vestir confortavelmente do que seguir padrão de moda. Sou imperfeita, desastrada, falo muito e sou chata, mas dou risada comigo mesma. Sou cafona, desleixada, preguiçosa e tantas outras coisas para muitos, mas não ligo, porque eu sei o que já passei e o que passo para me manter em pé. Ah, mas para poucos e significantes eu sou legal, sou amiga, sou acolhedora.

Eu sei o meu lugar, sei até aonde ir e aonde colocar o meu coração. Resumindo tudo, eu sou dramática, tenho mais drama do que novela mexicana, mas aprendi a me amar desse jeitinho. Quem querer ficar ao meu lado tem que receber meus defeitos e não só qualidades, porque eu sou criança de colo na maioria das vezes e nessas vezes vou querer ser compreendida e não julgada. Como canta a linda Taylor Swift, ”eu sou apenas uma garota tentando encontrar um lugar nesse mundo”, o resto da história só Deus para contar.

collage2

2 pensamentos sobre “Quem eu sou?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s