Tumblr_lekpd0xwf41qbyqzio1_500_large

Era variável; um pouco maduro, um pouco criança. Não possuía armas, eram cadeias invisíveis e que me prendiam a você a cada vez que te olhava. Tinha essas lembranças que vinham à toa e sua risada que vinha como sussurro ao pé do ouvido. Batia aquela saudade louca, então me pegava ajoelhada, fazendo uma oração e pedindo a Deus forças para suportar tamanha tristeza e distância. Eles dizem que isso não tem nada a ver e pouco importa, mas eu junto as mãos e olho para o céu esperando respostas.

Esse mundo é maluco, as pessoas andam apressada e os perfumes quase sempre são os mesmos. Elas andam e andam e não vão a lugar algum na maioria das vezes, ficam cansadas, entediadas e olham umas para as outras com ar de curiosidade ou desejando se o outro. Mas eu me pego nessa correria e nesse tumulto lembrando de você, do teu perfume diferente, do seu jeito encantador e das tantas vezes que aprendi contigo. Eles na verdade não sabem de nada, ninguém sabe.

Os dias vão passando e guardando sua foto no fundo da bolsa, quase que escondida, e sentindo você por perto. Janeiro a dezembro e te espero, espero e esperarei mais se for pra ficar com você. Esses mesmos dias são pesados quando não falo contigo, fica aquele aperto estrondoso no peito, o coração que parece não se acalmar e o pensamento que sempre está ligado em você. Não importa aonde eu esteja, aonde você está ou o que esteja fazendo, em pensamento vou está sempre com você, em você.

Sei sua data de aniversário, suas manias e alguns defeitos e fico a imaginar nós dois, em um lugar deserto, em uma noite de luar, parece clichê e se for, que se dane. Imagino nosso casamento, nossa casa e nossos filhos. Nossas vidas entrelaçadas. Eu te imagino sorrindo e despojado e me olhando me chamando pra dançar. Eu danço, meu bem, até fazer bolhas nos pés, pois com você tudo é magia. Não me arrependo de nada e se por acaso nossos destinos não se cruzarem, você de mim não sairá jamais. É uma lembrança cravada e espero não perder jamais. Eu o amo e como sempre te falo, não me diga nada, me deixe sonhar.

collage2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s