Publicado em Meus textos, Minha vida

Falsas entregas

E eu me entrego a muitos coisas,
Coisas que me afastam da realidade
Sobretudo eu venho de um lado
Que mostra a falsidade.

Os olhares nunca me foram tão sinceros
a ponto de não consegui ver o que existe
na verdade por trás deles.

Humanidade medíocre ou hipócrita
egocêntrica ou nada
Tudo numa questão de êxito
Humano
Socialista
Realista
romântico.

Sem parar para contar meus erros
De tanto amar pouco sei sobre
o amor verdadeiro
Na verdade,
De verdade
Com toda verdade e sinceridade
Que há em mim
Eu me entreguei a quem pouco me queria
E por ironia minha
Ou do destino
Me entreguei pouco ou quase nada
A quem sempre me quis.

Loiana Carla

Anúncios

Autor:

''O que sou então? Sou uma pessoa que tem um coração que por vezes percebe, sou uma pessoa que pretendeu pôr em palavras um mundo ininteligível e um mundo impalpável. Sobretudo uma pessoa cujo coração bate de alegria levíssima quando consegue em uma frase dizer alguma coisa sobre a vida humana ou animal.” Clarice Lispector

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s