Já era tarde e eu esperava você. Já era dia e eu ainda queria lhe ver. Já era tudo, enfim, menos você.

Para onde foi e aonde vou, ficou e não é capaz. Eu olho e me lembro de você em todos os lugares. Instantes de luz em um túnel infinito.

Amor, isso não é o paraíso, mas é como se fosse. Seria se tivesse você, mas não te tenho e não é como o inferno; só é triste, como se a lua brigasse com o céu e resolvesse não mais iluminar. Acordo e me desperto de um doce sonho em que você estava lá, mas olho e vejo a realidade; que podemos está nos mesmos lugares, porém milhas daqui.

Se vou resolver me entregar é uma questão de tempo; assim como esperar que ele me traga aquilo que quero ou que Deus me reserva. Se for você é bom, se não for, paciência. É tudo coisa da consciência. Parar de pensar é difícil, não impossível se eu pôr na mesa tudo o que me derruba.

Vamos fazer assim, metade do meu ser e do meu coração ficam contigo e a outra comigo. Se o destino permitir traga-os de volta, caso contrário, jogue-os fora, pois tenho a certeza que os ganharei um dia. Até lá seja feliz e não se esqueça de que em todos os minutos, penso em você nos segundos. De dia à noite, sem negar que eu nasci, e talvez seja pra te amar.

Loiana Carla 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s